segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Elas podem


As palavras ganham alma quando são sentidas. Elas também podem ganhar algo mais além de alma. Às vezes, elas ganham forma e dimensões incontroláveis. É por isso que se diz que as palavras têm poder.
As palavras podem destruir, machucar. Podem revolucionar um mundo estagnado. Podem encantar, aliviar o peso dos corações, soar como música aos nossos ouvidos. E podem torturar, enlouquecer... Transformar.
Os poetas estão mais perto dos anjos porque nos permitem sonhar, nos ensinam o caminho de volta à infância, à pureza que a infância carrega, quando a gente ainda não tinha aprendido a complicar demais as coisas. E suas palavras, carregadas de alma e poesia, às vezes nos fazem lembrar que Deus existe... E que, se a vida às vezes parece complicada demais, é porque faz parte do nosso processo evolutivo: é preciso cair pra aprender a se levantar.

Um comentário:

Lucia disse...

Pois é, eu preciso muitas vezes colocar um ziper na minha bôca. Não gosto de magoar as pessoas, mas as vezes acho que falo demais.
Meu pai, quando eu era jovem..bem jovem..me chamava a atenção.
Eu dizia que era franqueza..ele me corrigia - filha, franqueza demais se torna má educação.
um abraço
Lucia